As experiências extrasensoriais das drogas aplicadas a Yoga

As drogas produzem efeitos imediatos quando aplicadas aos rituais, cerimonias e práticas de yoga. Por meio das drogas é possível comunicar com espíritos de gente morta (mestres e amigos), espíritos da natureza (fadas, duendes etc), ter visões do passado, alucinações do futuro e tantas mais.

O uso de drogas nas seitas religiosas é tão antiga quanto as primeiras literaturas produzidas por esta atual humanidade. Milhares de escolas esotéricas ligadas a diversos ramos da religião usam todo tipo de drogas, das naturais extraídas de plantas (ayahuascar, peyot, maconha etc) até as químicas produzidas nos laboratórios (cocaína, heroína, LSD etc).

santo daime mestre irineu,doutrina  santo daime,santo daime hinos,chá  santo daime,bebida santo daime,ritual santo daime,seita santo daime,chá  santo daime,santo daime droga,santo daime efeitos ayahuasca,santo daime hinarios,santo daime hinos,xamanismo,barquinha,santo daime ayahuasca,daime,irineu,beneficente,santo daime,padrinho,seita,ayahuasca,rainha do mar,mapia,chacrona,aposento,hoasca,diame,ritual daime,daime xamanismo,chá daime,doutrina santo daime,seita santo daime,igreja santo daime, santo daime mortes,santo daime assassinato,santo daime glauco,santo daime lucélia santos,santo daime globo,santo daime rede globo,santo daime panico na tv,santo daime sabrina sato,santo daime morte de glauco,santo daime drogas

Foto: Arquivo / Agência Estado

No Brasil o uso de drogas com finalidades religiosa é antiga, especialmente naquelas tradições do ramo gnóstico e para-maçons, herdadas das práticas européias e asiáticas.

Atualmente o uso de drogas na religião tem se tornado um problema social e cultural, com o advento de novas seitas ligadas ao uso do ayahuascar. Estas seitas são formadas por terroristas e traficantes dissimulados que se esconde atrás das leis e permissividades de um Estado corrupto  e decadente, como é o caso do Brasil e outros países da América do Sul, onde impera a impunidade dos criminosos.

O Brasil é a principal rota de quase todas as drogas produzidas no mundo. A partir do Brasil as drogas alcançam os destinatários finais nos demais países em todos os continentes.

As seitas em torno do ayahuascar são compostas por gente degenerada, depravados e fascínoras em busca de satisfação e respostas psíquicas imediatas, além do ayahuascar, consomem outras drogas, tais como maconha rebatizada  de santa maria e cocaína rebatizada de santa clara, para despistar as autoridade policiais.

Ao contrário das práticas das escolas e seitas anteriores, que eram regidas por código de ética, código de honra e regras estabelecidas, estas seitas criminosas não respeitam nem as leis permissivas do país para o consumo de drogas em ritos e cerimonias. É comum nos encontros ver o consumo da droga por bebês recem-nascidos, crianças, adolescentes, grávidas e todo tipo de gente.

As seitas em torno do ayahuascar são todas caracterizadas como ponto de venda e consumo de todo tipo de drogas, não só do chá, mas de drogas proibidas como maconha, cocaína e outras drogas. O próprio chá é distribuidos aos consumidores a custo superior ao das drogas comuns, o custo da manutenção do chá varia em torno de R$ 35,00, preço mais caro que um cigarro de maconha ou uma porção de cocaína.

Os pontos de venda (“templos”) do chá são uma verdadeira concorrência desleal aos traficantes e criminosos das cidades. No estado do Acre “os mestres” do ayahuascar tem acesso livre aos guerrilheiros criminosos da Colômbia, e a partir deles as drogas são distribuídas livremente pelo país sob verniz da religião. Outra informação interessante é que os líderes de tais seits vivem todos no Rio de Janeiro, cidade QG dos grandes crimosos do tráfico no País.

Deixando de lado a ação dos canalhas e facínoras por trás das seitas ayahuasqueiras que abrem os portais dos mundos inferiores para grandes legiões de demônios entrarem na esfera social e espiritual do país, vamos considerar alguns pontos nas experiências psíquicas proporcionadas pelas drogas na yoga.

O uso do ayahuascar, maconha, cocaína e LSD durante a prática de yoga proporciona grande fascinação sobre os praticantes. Usando os pranayamas adequados, as visões e experiências são dimensionadas a níveis muito superiores ao uso comum e nos próprios ritos e cerimonias dos “centros de luz”, haja vista o sentimento de permissividade divina assossiadas ao poder sobre as demais pessoas da sociedade, proporciona mais estímulo psicológico, abrindo canais para experiências levianas com diversas “criaturas de luz” do submundo.

Atualmente, os bebedores de chá e consumidores de outras drogas desconhecem o poder do efeito destas associadas as práticas de asanas e pranayamas da yoga  tais como ensinadas pelos mestres das escola para-maçônica gnósticas tradicionais. São pessoas ignorantes de classe média-alta em busca de espiritualidade enlatada, ou gente pobre ignorante buscando uma saída imdiata de suas vidas desgraçadas.

O uso do chá comprovadamente proporciona experiencias com o Self, ou seja, o Eu Superior dar instruções de Luz, Paz e Amor a criatura. Os conselhos descem em forma de Luz e os deuses falam diretamente ao ente. Geralmente, em tais conselhos são reveladas as vidas passadas dos viciados conferindo-lhes a personalidade dos vultos do passado tais como Jesus, Buda, Faraós, Mestres e grandes gernerais. A egrégora é vista pelo viciados como mestres ou anjos conselheiros de Luz, e todos os conselhos recebidos são voltados para o bem e para o amor. Ao final da sessão a pessoa sai confortada e realizada por tantas revelações em carater especial. Facilmente desmitificada por qualquer estudante sério dos mistérios da alma – tudo não passa de mais uma fraude do astral inferior.

O uso da Cocaína leva a pessoa a experiência mais extraordinárias ainda, tais como viagens a outros planetas, a outras galaxias, contatos com criaturas extra-terrestres e seres de Luz Divinos.

Por trás de tanta fuga o que sobra ao final é um farrapo de mente, um resto humano digno do lixo e da sarjeta. Em muitos são os casos de óbitos no uso do ayahuascar, facilmente escondidos pelos “membros da seita”, apoiados pelos membros da família do defunto, por que sempre existe uma explicação espiritual para a morte.

Assine a newsletter Yoga

ATENÇÃO: Um e-mail de confirmação será enviado. Apenas um click e pronto.
Assine a Newsletter Yoga Moderna para receber as novidades exclusivamente no seu e-mail.